Efeitos do crack no organismo

Efeitos do crack no organismo

Uma pesquisa divulgada pela Unifesp e publicada na revista IstoÉ, revela que o Brasil é o maior mercado mundial do crack, ou seja, nós temos grande parte da população dependente da substância que sofre os efeitos do crack no organismo e na vida social. Os problemas que permeiam o indivíduo adicto à droga são grotescos e variam entre prisões, mortes em decorrência de DST ‘s não tratadas e assassinatos.

O Lenad (Levantamento Nacional Álcool e Drogas) demonstrou que o Brasil representa 20% do total de crack consumido no mundo. Uma média de 2,6 milhões de brasileiros já utilizaram pelo menos uma vez a droga. Quanto à cocaína, 6 milhões de pessoas experimentaram pó pelo menos uma vez, resultando em 4% da população adulta segundo pesquisas. Além do mais, a região sudeste do Brasil lidera o consumo com 46% do total de usuários.

Com um mercado emergente onde a droga é barata, a população que experimenta essas substâncias pela primeira vez corre o risco de se tornar dependente rapidamente. Segundo uma matéria apresentada pelo El País, em torno de 21% das pessoas que experimentam a cocaína se tornarão dependentes.

Quando o assunto é o crack, os dados apresentam peculiaridades e demonstram que a maioria dos usuários que se tornam dependentes crônicos e que vivem em situação de miséria moral e social, tendem a um certo padrão. Com uma taxa de 50% maior de impacto no cérebro em comparação com a cocaína, há uma propensão ao vício elevada. O crack é apaixonante, mesmo para quem o utiliza pela primeira vez.

Com essa paixão pela substância à primeira vista, os usuários tendem a voltar suas vidas para a manutenção do uso. Passar por cima do caráter, cometer crimes e delitos para poder comprar a droga são comuns. Contudo, muitos usuários que se tornam assíduos perdem a mão logo no início e começam a sofrer consequências severas do efeito da droga.

O estado em que a pessoa fica por conta do crack

O estado em que a pessoa fica por conta do crack

Como a substância é estimulante e atua fortemente no córtex pré-frontal, no sistema de recompensa do cérebro, usar cada vez mais pedras é o desejo do usuário, justamente para manter a sensação que se esvai rapidamente. Como resultado, o estado em que a pessoa fica por conta do crack é devastador.

Podemos dividir os efeitos do crack no organismo em duas partes, sendo uma delas sem estar em situação de rua, e estando morando nas ruas. É triste relatar isso, mas infelizmente é uma realidade dos usuários no país.

  • Usando crack em casa com recorrência

Quando uma pessoa começa a usar a droga em casa com recorrência, logo os os efeitos do crack no organismo e nas atitudes do indivíduo começam a aparecer. A droga gera a aceleração dos batimentos do coração, aumento da pressão arterial, pupilas dilatadas, sudorese, tremores e excitação. Euforia, sensação de poder e aumento da auto-estima são os efeitos psicológicos causados. (Fonte: BVS Atenção Primária em Saúde)

Se isso ocorre quando se usa uma vez, imagina manter esse uso durante horas e por longos períodos. Assim como a cocaína, o crack tira o apetite e normalmente a pessoa começa a perder peso rapidamente. Por ser uma droga fumada, o indivíduo apresenta queimaduras ou até mesmo bolhas nas regiões dos lábios e dedos. Logo após o efeito passar, o dependente quer outra dose, e sintomas como irritabilidade e confusão mental podem ocorrer.

Concomitantemente, a família percebe que a pessoa que está usando, está com atitudes diferentes, não apenas na aparência física mas nos comportamentos. Em alguns casos, o dependente começa a pegar dinheiro escondido, vender objetos da casa ou até mesmo se prostituir para continuar usando as pedras. Porventura, alguns são colocados para fora, já que a família não concorda com o processo, em outros casos o próprio dependente sai de casa para continuar usando com maior liberdade.

  • Estando em situação de rua

Se em casa os efeitos do crack no organismo são notáveis, estando em situação de rua há uma piora do quadro. Emagrecimento contínuo, sujeito a doenças infecciosas, rachaduras nos pés por andar descalço, pele precocemente envelhecida, perda dos dentes por falta de escovação, odor forte por falta de banho são sinais comuns e aparentes.

Contudo, a rua pode ser o local ideal para contrair doenças sexualmente transmissíveis como o HIV e hepatite, já que muitos usuários se prostituem. Marginalizado socialmente e perambulando pelas biqueiras atrás de doses para sentir a “brisa”, os dependentes da droga podem cometer delitos na esperança de mudar de realidade ou também para conseguir mais unidades de crack.

Alguns vão para a cadeia, porém, outros não têm a mesma sorte já que podem ser mortos pela violência que permeia o tráfico de drogas.

Organismo de um usuário de crack comprometido para sempre

Há casos em que o organismo de um usuário de crack fica comprometido para sempre, pois contrair doenças como o HIV, desenvolver distúrbios comportamentais, endocardite infecciosa, enfisema pulmonar, desnutrição, insuficiência renal e hepática e ter o comprometimento cerebral, são problemas que os “cracudos” podem adquirir ao longo moradia na rua e uso conjunto de crack.

Por isso, recorrer ao processo de internação é um meio de salvar a vida de uma pessoa que está acorrentada à substância. Independente do tipo de recurso terapêutico, tirar o usuário da rua é uma forma de evitar com que se contraia e se propaguem essas doenças.

Os efeitos do crack no organismo podem ser estancados, já que a internação é um meio de trazer a consciência do usuário à tona. Sem acesso à droga o paciente institucionalizado começa a ver as perdas que estavam acontecendo em meio a turbulência do crack.

Por isso, entre em contato com o Grupo Braços Abertos e o Ache Aqui Clínicas, como uma das maiores redes de encaminhamento e direcionamento de pacientes adictos a drogas e álcool do estado de SP, você pode confiar plenamente em nossos serviços. Internar quem realmente precisa de recurso terapêutico é estender a mão e dar uma nova maneira de viver à pessoa. A dependência química não perdoa, e se não tratada, tira a vida do usuário. Faça sua parte, ligue para (11) 93744-7594 e converse com nossos agentes.

AUTOR: Renan Rugolo Ré

AUTOR: Renan Rugolo Ré

Analista de Conteúdo | Desenvolvimento SEO on/off page

Artigos Relacionados

Contato

Últimas Notícias

Cidades

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Rolar para cima