Dependência Química

Tudo sobre overdose de cocaína: confira os riscos e saiba como evitar

As drogas infelizmente ainda são um problema sério aqui no Brasil. Com cada vez mais pessoas usando drogas estimulantes como pó, aumenta-se os riscos de overdose de cocaína. 

O consumo de cocaína, maconha e álcool aumentou muito desde o ano de 2020. Com a pandemia e milhões isolados, usar drogas recreativamente foi uma alternativa.

Porém, os resquícios e sombras desse uso permanecem até hoje, a famosa dependência química. Quem começa a usar drogas não imagina que um dia pode ficar escravo do vício.

Por isso, que cada vez mais clínicas de reabilitação são inauguradas no Brasil e a fila para tratamento tem aumentado cada vez mais.

Mas, será que os usuários estão cientes dos problemas relacionados aos entorpecentes? Quais os riscos do uso crônico de cocaína? Há riscos de vida para a overdose de cocaína?

Por motivos como esse, continue a leitura e descubra tudo sobre os efeitos da cocaína no organismo, risco de overdose e 7 sintomas perigosos que indicam que uma pessoa usou muito e corre risco de vida.

Boa Leitura

O que é cocaína?

A cocaína é uma droga psicoativa potente que é extraída das folhas da planta de coca. É um estimulante do sistema nervoso central que aumenta os níveis de dopamina no cérebro, causando euforia intensa.

No entanto, o uso de cocaína é extremamente perigoso e pode levar a graves problemas de saúde, incluindo a overdose de cocaína.

Quais são os malefícios da cocaína no corpo?

Os efeitos da cocaína no corpo são numerosos e prejudiciais. Ela pode danificar o coração, os pulmões, o cérebro e os vasos sanguíneos. 

Além disso, pode causar dependência psicológica e física, levando ao uso contínuo da droga, apesar de suas consequências negativas, aumentando o risco de uma overdose.

Descubra agora: Um guia rápido entre vício e dependência

O que acontece quando você cheira pó?

Cheirar cocaína causa uma sensação imediata de euforia, energia e alerta. No entanto, esses efeitos são acompanhados por um aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca. 

Com o tempo, o uso contínuo de cocaína pode levar a danos permanentes no nariz e no trato respiratório, além de aumentar a probabilidade de uma overdose súbita.

Usando muito pó: riscos de overdose de cocaína

O uso excessivo de cocaína aumenta o risco de uma overdose de cocaína. Esta, por sua vez, pode ocorrer quando uma quantidade excessiva de cocaína é consumida de uma vez.

Ou, também, quando a cocaína é usada em combinação com outras drogas, como álcool, por exemplo.

Grupo Braços Abertos ensina: Como se livrar da cocaína

7 sintomas da overdose de cocaína que você precisa saber?

 

Entender os sintomas da overdose de cocaína é fundamental para reconhecer uma situação de emergência e buscar ajuda o mais rápido possível. Por isso, conheça sete sinais alarmantes que podem indicar uma overdose.

Taquicardia

Uma overdose de cocaína geralmente resulta em uma taxa de pulso perigosamente alta

Pressão muito alta (hipertensão)

O aumento da pressão arterial pode levar a complicações graves.

Hipertermia

 A temperatura do corpo pode subir a níveis perigosos durante uma overdose de cocaína.

Agitação e paranóia

A pessoa pode se tornar extremamente agitada ou paranóica.

Tremores e convulsões

Aqueles que sofrem uma overdose de cocaína podem começar a tremer ou sofrer convulsões.

Dor no peito e problemas cardíacos

A cocaína causa um estresse enorme no coração.

Dificuldade de respirar

A cocaína pode causar dificuldades respiratórias.

O que fazer em caso de overdose de cocaína?

Se suspeitar que uma pessoa está tendo uma overdose de cocaína, chame imediatamente os serviços de emergência. Enquanto espera pela ajuda, tente manter a pessoa calma e monitorar seus sinais vitais.

Veja os perigos: trabalhadores na construção civil e o risco do uso de cocaína

Derrame e overdose de cocaína: pode acontecer?

Sim, um derrame pode ocorrer durante uma overdose de cocaína. A droga pode causar coágulos sanguíneos, estreitamento dos vasos sanguíneos e aumento da pressão arterial, todos fatores de risco para um derrame.

Como tratar um usuário de cocaína numa clínica de recuperação?

Agora que você já sabe os riscos da overdose de cocaína, é importante pensar em tratamento urgente para o vício na droga.

A recuperação para  a dependência de cocaína em uma clínica de recuperação geralmente envolve terapia e aconselhamento para ajudar a pessoa a lidar com os desejos pela droga e evitar recaídas. 

Assim, em alguns casos, medicamentos também podem ser usados para minimizar a ansiedade da abstinência da droga.

Leia também: Ansiedade, cocaína e crack – Saiba tudo e como tratar

Evitar overdose de cocaína: internação involuntária em clínicas

A decisão de internar alguém involuntariamente em uma clínica de reabilitação por uso de cocaína deve ser tomada com muita cautela e consideração. 

A overdose de cocaína é uma situação potencialmente fatal, por isso, evitar o consumo dessa substância é crucial.

Algumas pessoas podem se beneficiar da internação involuntária se estiverem em risco iminente de prejudicar a si mesmas ou a outras pessoas devido ao seu uso de cocaína, ou se não conseguirem parar de usar a droga por conta própria. 

No entanto, a internação involuntária também pode ter desvantagens, como resistência ao tratamento ou danos ao relacionamento entre a pessoa internada e seus entes queridos.

Contudo, embora a internação involuntária possa ser uma opção em algumas situações, a decisão deve ser tomada em conjunto com profissionais de saúde mental e viciados em recuperação.

Assim que a internação involuntária for considerada, entre em contato diretamente com o Grupo Braços Abertos. Temos mais de 150 clínicas em todo o estado de SP que podem ajudar você no melhor tratamento completo para a dependência. 

Evite reincidir no uso e ter chances de ter overdose de cocaína, fale com nossos atendentes especializados.

Renan Rugolo Ré

Analista de Conteúdo | Desenvolvimento SEO on/off page Copywriter para 3R Serviços Digitais

Publicado por
Renan Rugolo Ré

Postagens recentes

Vício em clonazepam: da medicação à dependência, como se livrar?

Vanessa, uma professora dedicada de 34 anos, nunca imaginou que por conta da correria do…

% dias atrás

O perigo da droga K9 e o caminho para a recuperação [guia rápido]

No universo das substâncias ilícitas, uma nova e perigosa ameaça tem emergido, conhecida nas ruas…

% dias atrás

Remédio natural para ansiedade: opções seguras e eficazes [GUIA]

Remédio natural para ansiedade: chás, alimentação, sucos e tecnicas simples que podem mudar seu estilo…

% dias atrás

Este Website usa cookies

Saiba mais