Setembro Amarelo: é uma campanha diária que salva vidas

setembro amarelo é todo dia

Você já pensou que a valorização da vida é algo que temos que pensar diariamente e não apenas em um mês? Por isso, Setembro Amarelo é todo dia mesmo que a campanha seja no em um período específico.

Apesar da campanha ser muito bonita, e trazer um tema sensível para reflexão, devemos pensar que a saúde mental vai além das sessões terapêuticas e dos medicamentos; ela abrange qualidade de vida, segurança, bem-estar fundamental e tantos outros aspectos.

Assim, nesta matéria você pode entender um pouco mais da campanha, mas com um pensamento reflexivo sobre a prática diária da valorização da vida, não se limitando a um mês específico.

Boa Leitura!

O que é setembro amarelo?

O Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio e valorização da vida, iniciada em 2015. Além disso, seu objetivo é a conscientização sobre a importância de prevenir e tratar pessoas que sofrem de depressão e que têm ideias suicidas.

Por conta disso, durante o mês de setembro, diversas instituições e grupos se mobilizam para falar sobre o tema, buscando quebrar tabus e compartilhar informações que possam salvar vidas.

História

A escolha do mês de setembro para essa campanha se deu em razão do dia 10 de setembro ser o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. 

A cor amarela também tem uma razão específica: ela foi escolhida em homenagem a um jovem americano chamado Mike Emme, que era muito habilidoso em mecânica e restaurou um carro Mustang de 1967, pintando-o de amarelo.

Em 1994, Mike cometeu suicídio, e para lembrá-lo e mostrar apoio à prevenção do suicídio, amigos e familiares distribuíram fitas amarelas em seu funeral com mensagens de apoio para aqueles que estavam em busca de ajuda.

Campanha no Brasil

A campanha no Brasil é uma iniciativa conjunta do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). 

Assim, desde o seu início, ela tem ganhado cada vez mais destaque e apoio, com várias ações, eventos, debates, divulgações em mídias sociais, iluminação de monumentos públicos e outras atividades realizadas em todo o país para conscientizar a população sobre a gravidade do assunto e a necessidade de sua prevenção.

Ao mesmo tempo, o foco principal do Setembro Amarelo é enfatizar que o suicídio é um problema de saúde pública que pode ser prevenido com acesso aos serviços de saúde, educação e discussão aberta sobre o tema. 

Por isso, ao chamar atenção para a causa, a campanha busca oferecer apoio e recursos para aqueles que precisam e para os que querem ajudar a fazer a diferença.

Por que é tão importante a valorização da vida?

A valorização da vida é essencial pois cada existência carrega uma singularidade insubstituível, dotada de potencial e significado.

Além disso, mesmo os momentos mais desafiadores podem ser superados, uma vez que as adversidades frequentemente moldam nosso caráter, ensinam resiliência e revelam forças que desconhecemos. 

Dessa forma, em meio às tribulações, crescemos e aprendemos a apreciar ainda mais a preciosidade da vida.

Precisando de ajuda? Acesse: Clínica de reabilitação UNIMED

Por que setembro amarelo é todo dia e não apenas em um mês?

Por que setembro amarelo é todo dia e não apenas em um mês

Setembro Amarelo é todo dia e não apenas em um mês porque a prevenção ao suicídio e a valorização da vida devem ser priorizadas diariamente. Logo, a saúde mental e o bem-estar são questões contínuas e podem ser afetadas por diversos fatores ao longo do ano. Os desafios emocionais não se limitam a um mês específico.

Embora o “Setembro Amarelo” desempenhe um papel crucial na sensibilização e promoção da discussão sobre o tema, as vulnerabilidades, os desafios e as crises não têm calendário.

Por conta disso, é importante manter o diálogo aberto, o apoio constante e os recursos disponíveis todos os dias, garantindo que aqueles em necessidade recebam a ajuda que merecem no momento certo.

Leia também: Clínica de recuperação que aceita Bradesco Saúde

Quais as vantagens de se conhecer a campanha?

A campanha “Setembro Amarelo” tem um impacto significativo na sociedade. Aqui estão algumas das vantagens de conhecer e se envolver nesta campanha:

Conscientização

A campanha eleva o nível de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, um tema frequentemente cercado de tabus.

Educação

Proporciona informações e recursos sobre saúde mental, ajudando as pessoas a reconhecer sinais de risco e entender melhor as questões relacionadas ao suicídio.

Redução do Estigma

Ao promover conversas abertas, a campanha combate estigmas associados a problemas de saúde mental e ao suicídio, encorajando mais pessoas a procurar ajuda.

Promoção de Solidariedade

Através das atividades e eventos do “Setembro Amarelo”, indivíduos e comunidades são unidos em solidariedade, criando um senso de pertencimento e apoio mútuo.

Estímulo à Ajuda

A campanha incentiva a oferta de ajuda e a procura por assistência, seja para si ou para outros, promovendo redes de apoio.

Formação de Redes de Apoio

Muitas organizações e grupos de apoio participam ou surgem em resposta à campanha, criando redes mais fortes de suporte à prevenção ao suicídio.

Impacto a Longo Prazo

O reconhecimento do “Setembro Amarelo” pode desencadear iniciativas e políticas públicas mais duradouras voltadas para a saúde mental.

Valorização da Vida

A campanha reforça a importância da vida e do bem-estar emocional, incentivando a autoestima e o autocuidado.

Escolha sua Clínica: Clínica de reabilitação que aceita convênio

10 Sinais que uma pessoa apresenta que estão relacionados a depressão

10 Sinais que uma pessoa apresenta que estão relacionados a depressão

Para realizar a prática de setembro amarelo todo dia, é importante conhecer os sinais da depressão. Por ser uma condição séria e que pode manifestar-se de diversas maneiras. 

Assim, se você ou alguém que você conhece estiver exibindo qualquer um desses sinais, é crucial buscar ajuda profissional ou, em casos urgentes, buscar socorro imediato.

Aqui estão 10 sinais de depressão que podem indicar um risco à vida:

1-Falar sobre suicídio ou morte

Qualquer menção a se machucar, suicídio ou desejo de morrer deve ser levada muito a sério.

2-Isolamento Social

Se alguém começa a se isolar de amigos, familiares e atividades sociais que anteriormente gostava, pode ser um sinal de depressão profunda.

3-Comportamento autodestrutivo

Isso pode incluir o abuso de substâncias, comportamento imprudente, automutilação ou negligenciar a própria saúde.

4-Alterações repentinas de humor

Embora a depressão geralmente seja associada à tristeza, um súbito e breve elevação do humor (especialmente após um período de depressão intensa) pode ser um sinal de que a pessoa tomou a decisão de tentar suicídio.

5-Preparação para o fim

Isso pode se manifestar em dar pertences, resolver pendências, escrever cartas de despedida ou fazer um testamento.

6-Expressão de desesperança e desamparo

Sentimentos persistentes de desesperança, desamparo ou de não ter um propósito podem indicar um risco maior.

7-Alterações no sono e apetite

Insônia, acordar muito cedo ou dormir demais, assim como perda de apetite ou comer em excesso, podem ser indicativos de depressão.

8-Intensa ansiedade ou sentimentos de pânico

 Estes podem ser sintomas de depressão e, em alguns casos, podem ser tão insuportáveis que a pessoa pode ver o suicídio como uma saída.

9-Sentimentos de indignidade ou culpa excessiva

Esses sentimentos podem ser tão intensos que a pessoa pode acreditar que o mundo seria melhor sem ela.

10-Desinteresse pela vida

Uma perda de interesse em atividades que a pessoa antes apreciava, falta de motivação para fazer qualquer coisa e uma sensação de apatia podem ser sinais de depressão grave.

Localize unidades para tratamento: + 150 UNIDADES EM TODO O BRASIL – ACESSE

Setembro amarelo é todo dia: como ser um bom ouvinte e amigo?

Setembro amarelo é todo dia

Agora que você já sabe que setembro amarelo é todo dia, isso nos lembra da importância contínua da atenção à saúde mental e da prevenção ao suicídio. 

Ser um bom ouvinte e amigo envolve mais do que apenas estar presente; requer empatia ativa, paciência e a capacidade de ouvir sem julgar. 

Por motivos como esses, é fundamental dar total atenção quando alguém compartilha seus sentimentos, evitando interrupções ou tentativas prematuras de “consertar” a situação.

Além do mais, a verdadeira amizade se manifesta em reconhecer e validar os sentimentos do outro, oferecendo um ombro amigo e um espaço seguro para expressar vulnerabilidades.

O que fazer quando uma pessoa apresenta risco?

Se você suspeita que alguém está em risco imediato de autolesão ou algo pior, é crucial agir rapidamente e com sensibilidade. Aqui estão algumas etapas que você pode seguir:

  • não deixe a pessoa sozinha;
  • mantenha a calma;
  • encoraje a buscar ajuda profissional imediata;
  • ligue para emergência;
  • evite confrontos;
  • pergunte diretamente;
  • Remova meios potencialmente letais;
  • informe-se;
  • continue o apoio;

Ao mesmo tempo, é essencial reconhecer que, enquanto amigos e familiares podem desempenhar um papel crucial no apoio a alguém em crise, a ajuda profissional é muitas vezes necessária.

Sendo assim você se sentir sobrecarregado ou incerto, procure orientação de profissionais ou organizações especializadas, ou ajude a pessoa a buscar apoio de um médico ou psicólogo..

Setembro amarelo é todo dia: conheça os serviços de apoio (SUS)

conheça os serviços de apoio

O SUS é o lugar onde realmente o setembro amarelo é todo dia. O Sistema Único de Saúde desempenha um papel fundamental nesse cenário, oferecendo diversos serviços e ações para a promoção da saúde mental e prevenção do suicídio:

Centros de Atenção Psicossocial (CAPS)

São unidades especializadas em saúde mental que oferecem atendimento para pessoas com transtornos mentais, incluindo aquelas em risco de suicídio.

Unidades Básicas de Saúde (UBS)

Esses postos oferecem atendimento primário, incluindo serviços de saúde mental, e podem ser o primeiro ponto de contato para pessoas em crise.

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)

Em situações de emergência, o SAMU pode ser acionado para prestar socorro imediato.

Hospitais Gerais: Possuem alas ou setores de psiquiatria que atendem casos mais graves ou pessoas em crise.

Rede de Atenção Psicossocial (RAPS)

Estratégia que integra diversas unidades e serviços de saúde para cuidar da saúde mental da população.

Programas e campanhas de conscientização

Durante o Setembro Amarelo, mas também ao longo do ano, o SUS, em parceria com outras organizações, realiza campanhas de conscientização sobre a prevenção do suicídio e a promoção da saúde mental.

Formação e capacitação

O SUS também se preocupa em capacitar profissionais de saúde para melhor identificar e intervir em situações de risco de suicídio.

Telefones e plataformas de apoio

O CVV (Centro de Valorização da Vida) opera o telefone 188 gratuitamente, 24 horas por dia, para oferecer suporte emocional e prevenir o suicídio. Embora o CVV não faça parte do SUS, ele é um recurso crucial e muitas vezes é recomendado por profissionais do sistema de saúde.

Linhas de cuidado e protocolos

O Ministério da Saúde estabeleceu linhas de cuidado para pessoas em risco de suicídio, orientando os profissionais de saúde sobre como intervir nessas situações.

Grupo Braços Abertos: setembro amarelo é todo dia!

A campanha serve como um lembrete poderoso sobre a importância da valorização da vida e a prevenção ao suicídio. Entretanto, a mensagem “setembro amarelo é todo dia” ressalta que nosso compromisso com a saúde mental não deve ser limitado a um único mês. 

Todos os dias, pessoas enfrentam batalhas internas que muitas vezes são invisíveis para os outros.Portanto, ser um bom ouvinte, um amigo atencioso e estar ciente dos recursos disponíveis pode fazer uma diferença real na vida de alguém.

Assim como a campanha Setembro Amarelo busca conscientizar e oferecer suporte, o Grupo Braços Abertos tem a missão de acolher e ajudar. 

Se você ou alguém que você conhece está enfrentando desafios emocionais, lembre-se que o Grupo Braços Abertos está sempre pronto para ajudar. A luta pela saúde mental e bem-estar é uma jornada contínua, e todos nós temos um papel a desempenhar. 

Acolha, escute e, acima de tudo, lembre-se: setembro amarelo é todo dia!

André Pieroni: a campanha é diária e não apenas mensal

André Pieroni é enfermeiro e especialista em saúde mental e psiquiatria, com pós-graduação em Autismo. Sua trajetória profissional o levou a coordenar o CAPS e a atuar no frenesi do pronto socorro no início da pandemia da COVID-19. 

A saúde mental é sua paixão, uma área que ele considera a mais desafiadora porque envolve o subjetivo, aquelas dores que só o indivíduo sente e que são invisíveis aos olhos de outros. 

Sonhador, André anseia por uma abordagem de saúde mais educadora e preventiva, presente em todos os cantos da sociedade, das escolas às empresas. Para ele, o Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, é só um começo. 

Ao mesmo tempo, defende que a conscientização sobre a saúde mental deve ser diária. Além disso, argumenta sobre a importância de criar ambientes menos violentos, ressignificar culturas e combater preconceitos para melhorar a saúde mental. André também é crítico das campanhas motivacionais excessivas. 

Pois, acredita na necessidade de aceitação das emoções humanas, argumentando que sentimentos como raiva, tristeza e decepção são normais. Em sua visão, a saúde mental ultrapassa as sessões de terapia e medicamentos; ela engloba qualidade de vida, segurança, bem-estar básico e muito mais.

 

AUTOR: Renan Rugolo Ré

AUTOR: Renan Rugolo Ré

Analista de Conteúdo | Desenvolvimento SEO on/off page

Artigos Relacionados

Contato

Últimas Notícias

Cidades

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Rolar para cima