Quem usa droga fica impotente? Tudo o que você precisa saber

quem usa droga fica impotente

Será que quem usa droga fica impotente? Essa é uma das perguntas mais feitas na atualidade. Contudo, droga nunca vai ser algo bom e consequentemente está atrelada a disfução erétil.

Com o número de pessoas usando substâncias psicoativas crescendo ano apósa ano, é comum que homens tenham mais apetite sexual com um desempenho menor. 

Algumas drogas são vasoconstrutoras e outras vasodilatadoras, o que interfere diretamente na ereção do penis. Contudo, como elas afetam a parte psicológica, é comum que alguns usuários tenham sérios problemas de ereção ao longo da fase de dependência.

Mas, quais são as drogas que deixam o homem impotente? Sempre que a pessoa usar o amiguinho não vai subir? Ter tesão e ficar brocha é normal? Quem usa droga fica impotente para sempre? 

Por motivos como esses nós trazemos uma matéria completa sobre drogas, impotência sexual, sexo quimico e disfunção erétil. Continue a leitura e descubra tudo sobre esse assunto!

Boa leitura! ♂️♂️♀️♀️

Drogas e disfunção erétil: o que cada uma delas faz?

A disfunção erétil, também conhecida como impotência, é uma condição médica na qual um homem tem dificuldades constantes e recorrentes para obter ou manter uma ereção firme o suficiente para permitir a relação sexual. 

Assim, essa condição pode ser causada por uma variedade de fatores, que incluem questões físicas (como doenças cardíacas, diabetes e obesidade), questões psicológicas (como estresse e ansiedade) e o uso de certos medicamentos.

Alcool

O álcool é uma das substâncias mais consumidas mundialmente, e seus efeitos na disfunção erétil são conhecidos. 

Embora um consumo moderado possa diminuir as inibições e aumentar a sensação de relaxamento, o abuso do álcool pode levar a problemas de longo prazo. 

Ao mesmo tempo, o uso excessivo pode resultar em danos nos nervos, diminuição da libido, e problemas de ereção.

Cocaína

A cocaína é um estimulante poderoso que pode levar a problemas cardíacos e de circulação, ambos essenciais para a função erétil. 

Ao mesmo tempo ela é vasoconstrutor, ou seja, como o pênis precisa de sangue para se manter ereto, ele tem dificuldades de ter acúmulo de sangue na hora H

Além disso, ela pode causar alterações psicológicas que podem contribuir para a disfunção erétil. Assim, quem usa farinha pode sim ficar impotente, seja por questões físicas ou psicológicas.

Maconha

A maconha, apesar de legalizada em algumas regiões, ainda carrega várias preocupações em relação à saúde sexual.

Embora as pesquisas indiquem que a maconha pode interferir nos receptores de testosterona do cérebro, diminuindo a libido.

Portanto, a questão “Quem usa maconha fica impotente?” não pode ser descartada e requer mais pesquisas para conclusões definitivas.

Crack

O crack é uma das drogas mais prejudiciais para a saúde em geral. Ele pode causar vários problemas de saúde, incluindo disfunção erétil.

A droga provoca danos ao sistema cardiovascular irreversíveis e alterações psicológicas profundas, ambos contribuindo para a impotência, disfunção erétil e outros.

Por que drogas tem poder de mudar o libido?

A libido, ou desejo sexual, pode ser influenciada por uma série de fatores biológicos, psicológicos e sociais.

Porém, as drogas, tanto recreativas quanto medicamentosas, têm a capacidade de interferir nesses fatores, podendo tanto aumentar como diminuir a libido.

Sendo assim, substâncias recreativas como o álcool, cocaína, maconha e crack podem alterar a química do cérebro, afetando diretamente a libido. 

Ao mesmo tempo, elas podem interferir na produção de hormônios que são vitais para a libido, como a testosterona e a dopamina, e podem também afetar a capacidade do corpo de responder a esses hormônios.

Além disso, afetam o estado mental de uma pessoa, o que pode ter um grande impacto na libido. 

Por exemplo, o uso de drogas pode levar à depressão, ansiedade, estresse e outros problemas de saúde mental, todos eles fatores que podem reduzir a libido.

O uso de drogas também pode afetar a saúde física, o que pode ter um impacto na libido. 

Por exemplo, seu uso pode levar a doenças cardiovasculares, que podem reduzir a capacidade do corpo de enviar sangue para os órgãos genitais, um fator crucial para a excitação sexual.

Portanto, o uso de substâncias psicoativas tem o poder de alterar a libido de várias maneiras, tanto direta quanto indiretamente. Ou seja, quem usa droga fica impotente durante o uso ou abuso crônico. 

Mas, cada indivíduo pode experimentar esses efeitos de maneira diferente, dependendo de fatores como a quantidade e a frequência do uso de drogas, a presença de outros problemas de saúde e a predisposição genética.

Saiba mais sobre recuperação: Entenda o tratamento para cocaína

Quais drogas aumentam o desejo pelo sexo?

Algumas drogas podem, em curto prazo, aumentar o desejo sexual ou alterar a experiência sexual de uma pessoa. 

No entanto, é importante ressaltar que esses efeitos são frequentemente temporários e podem levar a consequências negativas de longo prazo, incluindo disfunção sexual. Aqui estão alguns exemplos:

Álcool

Em pequenas doses, o álcool pode reduzir as inibições e aumentar o desejo sexual. No entanto, o consumo excessivo de álcool pode levar à disfunção erétil e a outros problemas sexuais.

Ecstasy (MDMA)

Essa droga é conhecida por aumentar a sensação de intimidade e a capacidade de desfrutar do contato físico. No entanto, ela também pode levar a problemas de ereção e diminuição do desejo sexual a longo prazo.

Cocaína

A cocaína pode aumentar o desejo sexual e a confiança, mas também pode levar à disfunção sexual já que é vasoconstrutora, e à diminuição da libido a longo prazo.

Methamphetamines (Meth)

Meth é conhecido por aumentar a libido e prolongar a atividade sexual. No entanto, pode levar a disfunção sexual a longo prazo, além de muitos outros problemas de saúde graves.

Viagra e outros medicamentos para disfunção erétil: Estes são medicamentos prescritos especificamente para tratar a disfunção erétil.

Eles não aumentam diretamente a libido, mas podem facilitar a atividade sexual.

INTERNAÇÃO INVOLUTÁRIA – SAIBA COMO PROCEDER

Sexo quimico: quais os riscos e perigos?

(Ilustração de Luvs – foto do portal Elástica / Abril / Por Luisa Alcantara E Silva)

O sexo químico, também conhecido como “Chemsex”, é uma prática que envolve o uso de drogas antes ou durante a atividade sexual para aumentar a experiência sexual e prolongar a atividade sexual.

Embora essa prática possa parecer atraente para alguns, ela vem com uma série de riscos e perigos.

Riscos à saúde física

As drogas usadas no Chemsex, como a metanfetamina, mephedrone (meow meow) e GHB/GBL, são extremamente perigosas.

Elas podem levar a uma série de problemas de saúde, como ataques cardíacos, convulsões, insuficiência renal e hepática, e danos cerebrais.

Além disso, o uso dessas drogas pode levar a disfunção erétil e outros problemas sexuais.

Riscos à saúde mental

Essas drogas podem causar uma série de problemas de saúde mental, como ansiedade, depressão e psicose. Além disso, o uso dessas drogas pode levar à dependência e vício.

Comportamento de risco

O uso de drogas no contexto do sexo pode aumentar a probabilidade de comportamentos sexuais de risco, como o sexo sem proteção. Isso pode aumentar o risco de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), incluindo o HIV.

Consentimento sexual

O uso de drogas pode afetar a capacidade de uma pessoa de dar e receber consentimento sexual. Isso pode levar a situações de abuso sexual e violência.

Sobredosagem

A combinação de drogas e atividade sexual pode aumentar o risco de overdose, especialmente se as drogas forem injetadas.

Entenda + sobre: Um GUIA rápido sobre vício e dependência

Porque quem usa droga fica impotente momentaneamente?

Os efeitos momentâneos da impotência podem ser causados por diversas drogas devido à sua ação direta e indireta no sistema nervoso central.

Drogas como a cocaína e o crack, por exemplo, alteram a liberação de neurotransmissores e interferem na resposta sexual. Já o álcool, em grandes quantidades, pode provocar a diminuição da sensibilidade e retardar a resposta sexual.

Em conclusão, é importante entender que a resposta à pergunta “quem usa droga fica impotente?” é complexa e depende de vários fatores.

Cada droga tem um impacto diferente no corpo e na mente, e pode levar à impotência sexual de formas variadas.

O uso contínuo e abusivo de qualquer uma dessas substâncias é extremamente prejudicial e pode resultar em impotência permanente ou outros problemas de saúde graves.

Para qualquer pessoa enfrentando problemas de impotência, seja pelo uso de drogas ou outros motivos.

Precisando de Clínica de recuperação? Encontre sua clínica clicando aqui!

Chega de impotência, queira recuperação com Grupo Braços Abertos

Agora que você já sabe que quem usa droga fica impotente provisoriamente, porque não busca recuperação? Se você tem problemas com drogas, fale com o Grupo Braços Abertos.

Somos o maior portal de encaminhamento e direcionamento de pacientes para clínicas de recuperação em todo o estado de SP, RJ, PR e Minas. 

Temos uma equipe experiente e dedicada pronta para te atender e te ajudar no processo de recuperação.

Entendemos que cada pessoa é única e, portanto, necessita de um tratamento personalizado, que atenda suas necessidades específicas.

Nosso objetivo é auxiliar você a superar os desafios associados ao uso de drogas e reintegrá-lo à sociedade de forma saudável e produtiva. Por isso, fale com um de nossos consultores agora mesmo

AUTOR: Renan Rugolo Ré

AUTOR: Renan Rugolo Ré

Analista de Conteúdo | Desenvolvimento SEO on/off page

Artigos Relacionados

Contato

Últimas Notícias

Cidades

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Rolar para cima