Como lidar com um Alcoólatra

Como lidar com um alcoólatra

O alcoolismo é uma doença crônica, em que a pessoa passa a beber de maneira descontrolada e numa constância cada vez maior, muitas vezes sem se dar conta do exagero. Se você quer aprender como lidar com um alcoólatra, continue a leitura.

A dependência causada pelo consumo do álcool ocasiona inúmeros danos na vida social, pessoal, profissional e financeira do indivíduo.

E seu tratamento dependente de muitos fatores, inclusive apoio recebido dos familiares e amigos.

Sintomas do alcoolismo

Os principais sintomas do alcoolismo são:

  1. O desejo intenso e descontrolado de ingerir bebidas alcoólicas.
  2. A tolerância, ou seja, o efeito que diminui consideravelmente diante da mesma dose e assim vai aumentando cada vez mais com o objetivo de atingir o mesmo efeito do início.
  3. A crise de abstinência, quando o consumo do álcool é interrompido ou reduzido de forma drástica.
  4. Abandono progressivo de outros interesses e lazeres.
  5. Persistência no consumo de álcool, mesmo sabendo que está sendo prejudicado em algum setor de sua vida.

O alcoolismo é considerado por muitos leigos um problema de caráter ou até mesmo fraqueza moral, por isso, muitos dependentes ou familiares deixam de buscar ajuda necessária por puro preconceito ou ignorância e agravam cada vez mais o quadro do alcoolismo.

Entretanto, muitas pessoas estão se tornando conscientes de que o alcoolismo é uma doença grave e que necessita de tratamento. E assim, buscando saber como lidar com um alcoólatra.

Inclusive, por ser uma doença crônica, o alcoolismo não possui uma cura, assim como outros tipos de doenças crônicas como a hipertensão (pressão alta) ou diabetes.

Como lidar com um alcoólatra: entenda suas motivações

Aprender como lidar com um alcoólatra consiste em também entender suas motivações. Ou seja, entender o que fez com que desse início ao consumo do álcool em exagero até que se tornou dependente.

Vejamos agora alguns fatores que podem levar a pessoa à dependência do álcool:

  • Desequilíbrio emocional.
  • Necessidade de ser aceito em algum grupo (acontece muito entre os mais jovens).
  • Insegurança.
  • Busca por “status”.
  • Influência da mídia.
  • Traumas de infância.
  • Genética. Sim, fatores genéticos podem influenciar em até 50% o alcoolismo, segundo o psiquiatra Guilherme Kortas, pesquisador médico do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa).

É uma tarefa complicada lidar com um alcoólatra e fazer com que perceba que tem uma doença e que necessita de ajuda.

Em alguns casos ele pode se conscientizar de que abusa do consumo do álcool, porém leva tempo para admitir que é dependente.

É essencial o incentivo de familiares e amigos para que a pessoa busque apoio e tratamentos necessários.

O primeiro passo é conscientizar o indivíduo sobre a doença. Acima de qualquer coisa, respeite o dependente, não o humilhe de forma alguma.

Inclua-o em programas que você costuma participar como atividades físicas, passeios, entre outros. Dessa o dependente não irá se sentir excluído.

Tenha diálogos com o alcoólatra estimulando-o a falar e responder aos seus questionamentos. É essencial manter a calma durante o processo, que não é fácil, pois haverá muita resistência.

Mas com o tempo a tendência é que a pessoa comece a ceder e cooperar. Portanto, durante todas as fases é importante ter paciência, empatia e muito amor.

Se você precisa de uma ajuda extra para aprender como lidar com um alcoólatra, entre em contato conosco e iremos te ajudar.

Compare listings

Comparar

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.