Como internar dependente químico involuntariamente

Como internar dependente químico involuntariamente

Como internar dependente químico involuntariamente

A dependência química é uma doença ardilosa, sorrateira e que evolui gradativamente, por conta disso é importante saber como internar dependente químico involuntariamente nas clínicas corretas para proporcionar tratamento adequado. Assim, saber quando é necessário realizar o procedimento involuntário, é um meio de distanciar a pessoa da droga e prover recurso terapêutico.

Internação involuntária é o procedimento de internação que acontece independentemente do consentimento do usuário. Ou seja, mesmo que ele não escolha estar em uma clínica de recuperação, a internação irá ocorrer na unidade que a família escolheu.

Normalmente esse procedimento é necessário porque o paciente perde o controle sobre si mesmo, podendo correr sérios riscos de vida ou causar risco de vida à outra pessoa. Além do mais esse tipo de situação ocorre com pacientes dependentes químicos, alcoólicos e com transtornos mentais como a esquizofrenia por exemplo.

Os distúrbios mentais que uma pessoa pode ter, podem estar ou não ligados à questão da adicção. Como exemplo, existem pacientes que já possuem distúrbios mentais e que fazem uso de substâncias psicoativas para sanar o desconforto ocasionado por essas doenças como esquizofrenia e psicose.

Além do mais o inverso acontece, há pessoas que fazem o uso compulsivo e obsessivo da cocaína e crack que acabam desenvolvendo doenças mentais em detrimento deste abuso, como por exemplo TAG e TAB. Assim, é importante realizar o procedimento de internação involuntário para salvar a pessoa nas garras da adicção e ao mesmo tempo evitar que outras comorbidades se associem à dependência.

Passo a passo de internar dependente químico involuntário

Em como internar dependente químico involuntariamente, nós do Grupo Braços Abertos vamos dar dicas em um passo a passo de internar dependente químico involuntário. Primeiramente, antes de realizar a internação do paciente adicto é necessário que todos estejam de acordo para realizar o procedimento sem nenhum tipo de dúvida.

Na segunda etapa, a família tem que ligar para nossa equipe pelo telefone (11) 93744-7594 e solicitar o procedimento. Assim, ao entrar em contato com nossos agentes, já na triagem por telefone, será analisado qual clínica que o paciente será levado e se haverá necessidade de remoção.

Na terceira etapa do processo, antes da remoção ser solicitada por um de nossos agentes, é encaminhado para a família um termo com o valor da remoção e a necessidade de adiantamento de uma parte do valor (50%) do deslocamento da remoção até a localização do paciente.

Assim, após a transferência do valor para a equipe de remoção, agora é só aguardar até que os agentes de contenção cheguem ao local. Desta maneira, é imprescindível que o dependente químico esteja em casa, para que eles o levem até a instituição.

Porque a internação involuntária é necessária?

A internação involuntária é necessária quando a insanidade proveniente das drogas toma conta do dependente químico. A pessoa está vivendo para a substância, passa dos limites e não se percebe os prejuízos que está sofrendo. Assim, são pessoas que estão na rua por conta de crack e cocaína, pessoas com surtos devido a comorbidades ou dependentes com transtornos mentais, todos podem ser internados involuntariamente.

Meu filho está na rua, como eu faço para internar involuntário?

Há como internar dependente químico involuntário em situação de rua, mas é preciso que antes de realizar os passos para interná-lo, a família convença-o de ir para casa e ficar descansando. Assim, quando o dependente estiver seguro dentro do lar, a remoção pode atuar com mais facilidade.

Como conter uma pessoa que está no auge da dependência?

Para conter uma pessoa que está no auge da dependência, em surto quando está sem a droga ou quando usa muito, a melhor maneira é chamar a guarda municipal e levar o paciente em surto para o hospital. Assim, com o paciente medicado, é possível que ele seja levado via remoção para a clínica em questão.

Quais são as unidades do Grupo Braços Abertos que internam involuntariamente?

O Grupo Braços Abertos é uma empresa com parceria em diversas unidades de tratamento. Nós temos instalações em São Paulo, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Tocantins. Contudo, só no estado de SP temos mais de 100 unidades que fazem internação involuntária.

Em como internar dependente químico involuntariamente a família pode ter a tranquilidade que nós do Grupo Braços Abertos somos a melhor escolha no encaminhamento e direcionamento de pacientes para unidades que atendam da melhor forma possível o paciente e promovam tratamento adequado.

Quanto tempo meu filho necessita ficar na clínica para curar a dependência?

O tempo que uma pessoa fica dentro da instituição pode variar muito, dependendo do tratamento, e o envolvimento do mesmo com os pilares da recuperação o dependente químico pode ter alta antes do esperado. Contudo é comum que pelo menos os pacientes tenham um período de permanência dentro da unidade de 90 dias ou 3 meses.

Deste modo é possível eliminar totalmente a substância do organismo. E começar uma recuperação administrando medicamentos em doses menores, já que a droga foi eliminada totalmente do organismo. Outra questão que vale ressaltar, é que a dependência química não tem cura, a pessoa que está limpa da droga não está livre dela e tudo depende da eficácia do tratamento.

De involuntário à voluntário

Como internar dependente químico involuntário é um aprendizado. Porém, a pessoa aos poucos vai se familiarizando com a questão da recuperação. É um choque na verdade para todos os envolvidos, não só para o usuário. Contudo, é necessário para que ao longo de todo esse processo, o paciente fique longe da droga e sinta como é enfrentar sua realidade sem o refúgio na substancia.

Assim de involuntário o tratamento passa a ser voluntário e tudo começa a correr bem. A adaptação do paciente é aos poucos adquirida e consequentemente o projeto que antes era apenas de recuperação, agora toma rumos. Assim, a clínica não só ajuda o dependente a se tratar mas também ensina-o a viver sem drogas.

Compare listings

Comparar

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.