Como avaliar uma clínica de reabilitação

Como avaliar uma clínica de reabilitação

Como avaliar uma clínica de reabilitação

Realizar o procedimento de internação em uma clínica é fácil, mas escolher uma instituição para recuperar o dependente químico pode ser uma tarefa árdua em alguns casos, então como avaliar uma clínica de reabilitação? Deixe que o Grupo Braços Abertos em conjunto com o Ache Aqui Clínicas te ajude neste quesito.

Assim como a quantidade de dependentes químicos aumentou consideravelmente nos últimos anos, as unidades de recuperação também. Atender esses pacientes demandou aumento de instalações e ampliações das unidades. Por conta disso, as unidades foram cada vez mais se estruturando e criando formas de tratamento mais efetivas para combater a alta concorrência.

Porém, o maior dilema que as famílias enfrentam é, onde se localizam essas unidades e como é o tratamento dentro delas. Para familiares que já estão programando a internação do paciente, é uma tarefa difícil. Assim, este artigo tem como principal foco ajudar na escolha da clínica perfeita.

Deste modo, para escolher essa unidade, é necessário que os familiares avaliem as instituições. O processo consiste em separar uma quantidade de unidades e posteriormente ir peneirando, até chegar na instituição que mais atenda as necessidades do paciente e da família.

O estado que possui a maior quantidade de instituições é o de São Paulo, aqui a concorrência é alta e as unidades são excelentes. Há clínicas que viabilizam o tratamento a partir de um salário mínimo, conjuntamente, existem unidades com reabilitação de R$5.000,00 a R$14.000,00 reais mensais.

Por isso, se for uma internação planejada, antes de começar o processo avalie o estado que seu ente ou amigo dependente químico se encontra. É importante compreender primeiramente o estado físico e psicológico do paciente antes de conhecer as clínicas. Então, siga os passos de como avaliar uma clínica de reabilitação com o Grupo Braços Abertos.

Como avaliar uma unidade de reabilitação adequadamente

Como avaliar uma unidade de reabilitação adequadamente

Já identificou a droga que o usuário usa, seu apego com a substância e consequentemente como a saúde física e mental anda, então escolher algumas clínicas para posteriormente saber como avaliar uma unidade de reabilitação adequadamente é importante.

As clínicas estão disponíveis aos montes, em sua grande maioria na zona rural das cidades justamente para trazer paz e aconchego para os usuários internados. Porém, antes mesmo de realizar a internação, deve-se avaliar se o paciente consegue realizar um tratamento voluntário.

Caso o paciente necessite de recurso terapêutico involuntário, é interessante recorrer às unidades fechadas, nestas o paciente deverá realizar o tratamento contra a sua vontade, então há a necessidade de um preparo técnico que viabilize o processo.

Deste modo, vamos dividir esta análise de como avaliar uma clínica de reabilitação em dois grupos. Analisar as unidades fechadas, para o tratamento involuntário e das abertas, para o voluntário. O que você deve considerar nas duas categorias.

  1. UNIDADES ABERTAS

Nas unidades abertas, onde os pacientes que estão internados são favoráveis ao recurso terapêutico, são unidades que se encontram distantes das cidades, normalmente estão nas áreas rurais e se assemelham a chácaras ou fazendas.

Na visita, observe tudo, desde a sua chegada .O gramado, as instalações e a aparência do local. Normalmente a visita é guiada por uma pessoa da instituição, assim ao visitar as dependências da clínica, pergunte sobre os profissionais, a rotina, o direcionamento religioso, os horários das refeições e visitas.

Atente-se às dependências do local como quartos, banheiros, cozinha, sala de reuniões e etc. Caso os pacientes estejam em alguma atividade, vá conhecê-la. Deste modo você pode ver como é o tratamento desses pacientes, como eles respondem ao recurso terapêutico e qual é o estado que se encontram.

Em como avaliar uma clínica de reabilitação, não se esqueça de saber como é o processo de internação. Pergunte sobre o contrato e as cláusulas disponíveis. Indague como seria se o paciente não se adaptasse e pedisse para ir para outra unidade e veja a reação do monitor.

  1. UNIDADES FECHADAS

Nas unidades fechadas a visita é bem diferente. Nessas clínicas há outro conceito quando o assunto é recuperação. Apesar de trabalhar a aceitação do recurso terapêutico, as clínicas fechadas fazem com que os pacientes façam suas tarefas de maneira rigorosa.

Na visita você só terá acesso aos quartos, convívio, refeitório e áreas externas. Pode-se perceber que nas unidades fechadas há sempre uma delimitação específica do território. Onde os pacientes podem circular e onde não podem.

Conjuntamente, assim como nas unidades abertas, se você presenciar alguma atividade, avalie também o estado físico de alguns pacientes e não se assuste se você notar pessoas com atitudes incoerentes. Nas unidades fechadas, é comum que o dependente químico se recupere com pessoas que possuem problemas mentais como: pacientes borderline, esquizofrênicos e com outros transtornos.

Muitos têm medo dessas instituições, mas elas são extremamente atenciosas e ao mesmo tempo proporcionam uma recuperação tão eficaz quanto as unidades abertas.

Além de avaliar a clínica de reabilitação, acompanhe o tratamento

Agora que você já escolheu uma unidade e realizou a internação, além de avaliar a clínica de reabilitação, acompanhe o tratamento. Não basta escolher a unidade e internar, há a necessidade do acompanhamento do recurso terapêutico para obter maiores resultados.

Ser decisivo na escolha de uma unidade é importante para garantir que o dependente químico tenha bons resultados, porém, nas visitas ao paciente internado avalie o estado físico e mental. Assim você também pode acompanhar a evolução do quadro.

Sempre que solicitarem que você vá a unidade para conversar com os médicos psiquiatras e equipe de enfermagem, atenda ao pedido. É nestas conversas que os familiares têm a oportunidade de compreender como anda o tratamento diretamente por parte de um profissional da área da saúde.

Assim, ao longo do processo de visita, conversar com o paciente sobre o recurso terapêutico ajuda bastante a compreender as atividades disponíveis e o quanto elas o ocupam na instituição. Deste modo, como avaliar uma clínica de reabilitação não se prende apenas ao quesito instalações da unidade, mas todo o conjunto que proporciona tratamento para pacientes dependentes químicos.

Por conta disso, entre em contato com o Grupo Braços Abertos, somos uma das maiores empresas no encaminhamento e direcionamento de pacientes com dependência química no Estado de São Paulo.

AUTOR: Renan Rugolo Ré

AUTOR: Renan Rugolo Ré

Analista de Conteúdo | Desenvolvimento SEO on/off page

Artigos Relacionados

Contato

Últimas Notícias

Cidades

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Rolar para cima