12 dicas simples de como internar uma pessoa alcoólatra rápido

como internar uma pessoa alcoólatra

Se você está pensando em como internar uma pessoa alcoólatra rápido mas não sabe por onde começar, está no lugar certo. 

Que o Brasil é o país do futebol, da garota de Ipanema, das praias lindíssimas todo mundo sabe, mas você sabia que somos uma dos países que mais consome bebida alcoólica do mundo?

Por incrível que pareça, mesmo com tanta informação sobre o consumo de álcool, cada vez mais adolescentes têm bebido e praticado binge alcoólico, que é quando a pessoa passa do ponto com várias doses rapidamente.

Com a cultura do álcool crescendo, e com mais pessoas bebendo, é comum que mais pessoas tenham prejuízos com a bebida, o que remete às clínicas de reabilitação cheias de pessoas dependentes de álcool.

Mas como ajudar uma pessoa que bebe muito? Como internar um alcoólatra rápido evitando prejuízos? Quais são os passos para cuidar de quem você ama?

Continue a leitura e descubra tudo sobre alcoolismo, prejuízos, cuidados e como prover recuperação.

O que é alcoolismo?

Uma doença crônica causada pelo consumo excessivo e descontrolado de bebidas alcoólicas, que leva a problemas de saúde física, mental e social é denominada alcoolismo.

Ele é caracterizado pela dependência do álcool, que faz com que a pessoa tenha dificuldade em controlar a quantidade de bebida que consome.

Sendo assim, a pessoa apresenta sintomas de abstinência quando tenta parar de beber e tem prejuízos na vida pessoal, profissional e familiar devido ao uso contínuo da substância.

Porém, assim como toda doença, o alcoolismo pode ser tratado com terapias e medicamentos, 

Mas muito além disso, requer o comprometimento da pessoa em buscar ajuda profissional e mudar seu comportamento em relação ao consumo de álcool. Principalmente por conta dos prejuízos crônicos do álcool ao longo dos anos.

Veja agora: CID de dependência química e alcoolismo – qual é o seu?

Quais os prejuízos do alcoolismo?

Os prejuízos do alcoolismo são principalmente a cirrose hepática, pancreatite, hepatite alcoólica, danos ao fígados irreversíveis e muitos outros.

Além disso, podem afetar diversas áreas da vida da pessoa, tanto física quanto emocionalmente. Conheça todos os malefícios do consumo de álcool ao longo dos anos:

Prejuízos físicos:

  • Danos ao fígado, como cirrose e hepatite alcoólica;
  • Problemas cardíacos, como arritmia e hipertensão arterial;
  • Comprometimento do sistema nervoso, levando a problemas de coordenação motora, dificuldade de fala e tremores;
  • Dificuldade em absorver nutrientes, levando a deficiências nutricionais;
  • Maior risco de desenvolvimento de alguns tipos de câncer, como de boca, esôfago, fígado e mama;
  • Lesões em acidentes de trânsito e outras situações de risco devido à embriaguez.

Prejuízos emocionais:

  • Ansiedade e depressão;
  • Problemas de relacionamento, como conflitos familiares e conjugais;
  • Dificuldade em manter emprego e cumprir responsabilidades profissionais;
  • Perda da autoestima e sensação de desesperança;
  • Tendência a comportamentos impulsivos e agressivos;
  • Isolamento social e falta de suporte emocional.

Esses são apenas alguns exemplos dos prejuízos que o alcoolismo pode causar, mas é importante destacar que cada pessoa pode ser afetada de maneira diferente, e que os prejuízos podem se agravar com o tempo se não houver tratamento adequado.

Descubra também: Localize as Clínicas de Reabilitação com o GBA

Como internar uma pessoa alcoólatra?

A internação de uma pessoa em uma clínica pode ser realizada de forma voluntária ou involuntária, dependendo da situação. Abaixo estão algumas informações sobre como realizar cada tipo de internação:

Internação voluntária:

  • A internação voluntária acontece quando a pessoa reconhece que precisa de ajuda e concorda em ser internada em uma clínica.
  • Nesse caso, a pessoa pode entrar em contato com a clínica diretamente ou com ajuda de um profissional de saúde, e fazer o agendamento para a internação.
  • Antes de escolher uma clínica, é importante que a pessoa faça uma pesquisa sobre as opções disponíveis e verifique as condições de tratamento oferecidas.

Internação involuntária:

  • A internação involuntária ocorre quando a pessoa não tem condições de tomar decisões sobre a própria saúde, ou quando se recusa a buscar ajuda para tratar um problema de dependência.
  • Para realizar a internação involuntária, é necessário que um médico ou psicólogo avalie a pessoa e emita um laudo que comprove a necessidade da internação.
  • Com o laudo em mãos, a família ou responsáveis pela pessoa devem buscar uma clínica que aceite esse tipo de internação.
  • A internação involuntária não deve ser vista como um último recurso! Se a pessoa apresenta riscos para si mesma e para outras pessoas, ela deve ser feita o quanto antes.

Independentemente do tipo de internação, é importante buscar uma clínica especializada em tratamento de dependência química, que ofereça um ambiente seguro e profissionais qualificados para ajudar na recuperação da pessoa.

Por isso, antes de como internar uma pessoa alcoólatra rápido, veja os 12 passos simples de como conduzir um procedimento de internação eficiente e humanizado.

Leita também: Reabilitação para os usuários de álcool

12 dicas simples de como internar uma pessoa alcoólatra

Sabemos que não é fácil conduzir uma internação, mas com 12 dicas simples de como internar uma pessoa alcoólatra, você pode ter sucesso na reabilitação do paciente, confira!

1. Identifique os sinais de alcoolismo na pessoa

O primeiro passo para ajudar alguém é perceber que a pessoa não tem controle sobre o uso e que apresenta sinais claros de alcoolismo como tremedeiras e desorientação. Se você perceber que a pessoa passa do ponto todos os dias, é preciso agir!

2. Converse com a pessoa sobre a necessidade de buscar ajuda

Converse e incite o tratamento. Fale educadamente sobre a necessidade de internação. Como internar uma pessoa alcoólatra é fácil, basta dialogar e conversar com a pessoa para buscar ajuda.

3. Pesquise clínicas de reabilitação e avaliar as opções de tratamento disponíveis

Pesquise clínicas que atendam a necessidade da pessoa, veja os valores, o tempo de internação e quais são os recursos terapêuticos oferecidos pela unidade.

4. Agende uma visita à clínica escolhida para conhecer

Vá conhecer a unidade! Sempre recomendamos que a pessoa vá conhecer a unidade para evitar frustrações. Existem várias clínicas que aparentam uma coisa e que são outra na verdade.

5. Considere a possibilidade de uma intervenção planejada

Faça uma intervenção planejada e pensem em como realizar a internação. Lembra que citamos que para internar um alcoólatra basta muita conversa? Então, mas também exige ação.

6. Prepare a pessoa para a internação

Prepare a internação com uma ação. Ajude a pessoa, se predisponha a levar, arrumar as malas e a apoiá-la.

7. Verifique as condições financeiras para a internação

Só realize a internação em uma clínica que você possa pagar. Tem que unir o útil ao agradável. Por isso é bom pesquisar unidades que atendam suas condições financeiras.

8. Organize a logística da internação

Faça a mala, apoie a pessoa e leve-a até a instituição. Assim, na unidade você ficará sabendo dos dias de visita e telefonema, assim como a alta do paciente. 

9. Acompanhe a pessoa na entrada na clínica

Acompanhar a pessoa até a entrada da unidade é interessante justamente para demonstrar apreço. O amor e o carinho são importantes em como internar uma pessoa alcoólatra numa clínica de reabilitação.

10. Mantenha contato com a clínica para saber

Ao deixar a pessoa na unidade, esteja aberto as ligações para com o paciente e telefonemas da equipe médica. Acompanhe o paciente a distância com o administrativo da unidade e equipe de terapia.

11. Ofereça suporte emocional 

O suporte emocional está em falar com o paciente pelos telefonemas, visitá-lo e muito mais. Esse suporte é fundamental para que a pessoa tenha segurança!

12. Esteja preparado para a alta

Passado o tempo na unidade, o paciente receberá alta. Sendo assim é válido ressaltar a importância de se estar preparado para a alta do paciente. Crie um planejamento para receber o paciente em casa, mas pensando sempre no enfoque da reabilitação.

Cuidado, informe-se: O que é coma alcoólico? Danos irreversíveis

Como internar uma pessoa alcoólatra no Grupo Braços Abertos 

Por fim, saber como internar uma pessoa alcoólatra é um passo importante no processo de tratamento e recuperação dessa doença tão grave. 

Tanto a internação voluntária quanto a involuntária podem ser opções válidas para quem precisa de ajuda para se livrar da dependência do álcool. 

É válido ressaltar e lembrar que a internação deve ser vista como uma parte do tratamento, e que a pessoa deve continuar buscando apoio e cuidados após deixar a clínica. 

Se você ou alguém que você conhece está lutando contra o alcoolismo, entre em contato com os consultores da Clínica Grupo Braços Abertos pelo telefone/ WhatsApp: (11) 93744-7594. Nós estamos aqui para ajudar no processo de recuperação e garantir o melhor tratamento possível.

AUTOR: Renan Rugolo Ré

AUTOR: Renan Rugolo Ré

Analista de Conteúdo | Desenvolvimento SEO on/off page

Artigos Relacionados

Contato

Últimas Notícias

Cidades

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Rolar para cima